Segunda-feira, 27 de Março de 2017

 

Olá, Amigos!

Muito bom-dia… boa-tarde… ou boa-noite, conforme o momento do dia que tiverem para nos dedicar. (7)

PÚBLICO-POLICIÁRIO

Secção publicada todos os domingos no jornal Público, desde o dia 1 de Julho de 1992, coordenada por Luís Pessoa.

Campeonato Nacional e Taça de Portugal 2017 – Prova nº 2

Faltam poucos dias para expirar o período de envio das propostas de solução para a Prova nº 2 do Campeonato Nacional 2017, com desafios produzidos por Rigor Mortis, no ano do 25º aniversário da secção Policiário. Relembramos que todos os cuidados são poucos para os detectives interessados em seguir em frente na Taça de Portugal 2017.

Em Trufas e Morte, Prova nº 2 (Parte I) do Campeonato Nacional 2017, o inspector Velhote, personagem criada por Rigor Mortis, procede a mais uma investigação, a qual decorre na mansão ribatejana de Jeremias. Tudo aconteceu durante um magnífico jantar, organizado de forma impecável pelo mordomo Edgar, o qual contava com nove pessoas, entre filhos, irmãs, cunhados e sobrinhos de Jeremias. Mas, se tudo decorria dentro da normalidade, um disparo inesperado sobressaltou toda a gente e Jeremias curvou-se e caiu desamparadamente sobre o prato da sobremesa…

Já na Prova nº 2 (Parte II), Rigor Mortis desafia os leitores a descobrir o segredo que permite abrir O Cofre dos Diamantes. Afonso depois de uma vida extraordinariamente rica que se prolongara por oito décadas, deixou uma imensa tristeza na mulher, nos filhos, noras, genros e netos, mas também um pequeno cofre fechado e uma carta. Na carta uma pista para o segredo do cofre: “só terão que mentalmente rodar as cinco vogais e que as saber somar”.

Como sempre a data limite para envio das propostas de solução é o último dia do mês, ou seja, 31 de Março, para um dos seguintes endereços: pessoa_luis@hotmail.com, luispessoa@sapo.pt ou lumagopessoa@gmail.com, por correio eletrónico; ou Luís Pessoa, Estrada Militar, 23, 2125-109 Marinhais, por correio postal.

Taça de Portugal 2017 – 2ª Eliminatória

Estão encontrados os 512 detectives que irão disputar a 2ª eliminatória da Taça de Portugal 2017, a partir de agora num frente a frente directo com o oponente que a sorte lhes ditou. Recordamos que os detectives seleccionados para esta eliminatória foram aqueles que apresentaram as melhores propostas de solução na Prova nº 1 do Campeonato Nacional. Daqui para a frente a passagem à eliminatória seguinte dependerá exclusivamente da apresentação de uma melhor solução no confronto directo com o respectivo adversário.

Para já, nesta fase de arranque da Taça de Portugal, um destaque muito especial para Spiridon que irá defrontar Daniel Falcão, vencedor da Taça de Portugal das últimas três temporadas, mas também para Sir Lapidus que tem pela frente Inspector Aranha, finalista vencido da temporada passada, e Detective Jota e Gafto que se cruzam com Inspector Moscardo e Zé, respectivamente, semifinalistas em 2016. Mas como taça é taça, as surpresas por vezes acontecem.

Policiarista do Ano 2017 e Ranking Público-Policiário 2017

Conhecidos os detectives que seguem em frente na Taça de Portugal, já é possível elaborar a primeira classificação do Troféu Policiarista do Ano 2017. Tal como estabelecido no regulamento, a passagem à 2ª eliminatória da Taça de Portugal  vale 10 pontos, fazendo com que os primeiros líderes sejam precisamente este grupo de 512 detectives.

Esta atribuição de pontos permitiu ainda refazer a classificação do Ranking Público-Policiário 2017. No top-10, para além do líder Daniel Falcão (com 129 pontos) estão também, nos lugares do pódio, Zé (116) e Inspector Aranha (114), seguindo-se Inspector Boavida (111), Mister H (110), Detective Jeremias (108), Búfalos Associados, Inspector Moscardo e Karl Marques (todos com 105 pontos) e Paulo (com 104 pontos).

Campeonato Nacional 2017 – Soluções da Prova nº 1

Estão disponíveis as soluções da Prova nº 1, produções com a assinatura de A. Raposo & Lena, Tempicos Melancólico e Tempicos e o Templo de Delfos.

 

O DESAFIO DOS ENIGMAS

Secção publicada no jornal Audiência Grande Porto, desde o dia 1 de Junho de 2016, coordenada por Salvador Santos (Inspector Boavida).

Torneio Policiário 2017 – Problema nº 2

No Problema nº 2 do Torneio Policiário 2017, uma produção de Verbatim, voltamos a acompanhar mais uma investigação do Inspector Flávio Alves que, na companhia do agente Dias, procura descobrir em que circunstâncias ocorreu a morte de Jacinto Dores, encontrado Trancado na Casa de Banho. O alerta fora dado no final da tarde, tendo os bombeiros chegado às 18h30, acompanhados por especialistas em primeiros socorros e um polícia. Depois de algumas dificuldades para abrir a porta da casa de banho, o agente da polícia no local impediu de imediato que qualquer civil pudesse observar o seu interior. Tendo procedido a uma cuidada observação da casa de banho e após a primeira recolha de depoimentos, o que terá concluído o Inspector Flávio Alves?

A data limite para envio das propostas de solução é o dia 10 de Abril, a qual pode ser enviada para um dos seguintes endereços: salvadorpereirasantos@hotmail.com por correio eletrónico; ou Audiência GP / O Desafio dos Enigmas, rua do Mourato, 70-A, 9600-224 Ribeira Seca RG – São Miguel – Açores por correio postal.

Torneio Policiário 2017 – Solução e Resultados do Problema nº 1

Poucos dias após o final do prazo para envio das propostas de solução relativas ao Problema nº 1 do Torneio Policiário 2017, O Primeiro Festival da Peta, produção de A. Raposo & Lena, foi disponibilizada a respectiva solução e resultados, os quais permitem estabelecer de imediato a primeira classificação.

Concurso de Contos

Um Caso Policial em Gaia” é o tema de um concurso de contos aberto a todos, jovens e menos jovens, que se queiram “aventurar” na ficção policial. O seu regulamento prevê que a entrega de originais ocorra em Abril, sendo a partir daí sujeitos à apreciação de um júri que os ordenará em três classificações distintas: a primeira para todos os contos a concurso; a segunda para aqueles que nunca tenham publicado qualquer conto; e, a terceira destinada exclusivamente aos mais jovens.

 

O POLICIÁRIO NA IMPRENSA REGIONAL

Notícias sobre outras secções policiárias publicadas na imprensa regional.

Correio Policial

A secção publicada semanalmente no jornal Correio do Ribatejo, de Santarém, orientada por Domingos Cabral, o “nosso” Inspector Aranha (d.cabral@sapo.pt, Rua Serpa Pinto 98, 2000-046 Santarém), inclui problemas policiários, contos policiais e muito mais.

 

O POLICIÁRIO NA INTERNET

Blogues relacionados com policiário.

Policiarismo

Assim se apresenta o blogue Policiarismo: “O policiarismo tem em Portugal várias dezenas de atividade. Este é mais um espaço de memória”… e aqui vamos recordando muito do que se tem feito ao longo das últimas décadas. No passado dia 19 de Março foi recordada a segunda prova do I Campeonato Nacional de Problemas Policiários, uma produção de Columbo intitulada Xeque-Mate, publicada no XYZ Magazine. Entretanto, já foi publicada, no dia 24 de Março, a repectiva solução.

 Neste blogue é ainda possível acompanhar a inventariação de policiaristas, secções e publicações, na qual já estão recenseados mais de 6500 policiaristas, com um vasto conjunto de informação muito diversificada, assim como uma grande parte da actividade desenvolvida por várias secções.

Local do Crime

Depois de sete anos de interrupção o blogue Local do Crime regressou, como “caixa-de-ressonância da secção O Desafio dos Enigmas no espaço cibernético”… citando o Inspector Boavida, criador deste espaço.

Crime Público

E, claro está, aproveitando as palavras do Inspector Boavida, temos também o Crime Público como “caixa-de-ressonância” da secção Policiário.

 

TERTÚLIAS E CONVÍVIOS

Notícias sobre tertúlias e convívios.

XIII Convívio da Tertúlia Policiária da Liberdade

Sobre o XIII Convívio da Tertúlia Policiária da Liberdade aqui fica registada uma breve narrativa do confrade Nove:

«Decorreu, com muita alegria, o XIII Convívio levado a efeito pela Tertúlia Policiária da Liberdade no passado domingo, 29 de Maio [de 2016], na Quinta do Rio, entre Azeitão e Sesimbra. O dia bonito, os campos verdes e, lá um pouco mais longe, a serra à vista, convocaram os presentes a uma amena e reconfortante cavaqueira. De tudo se falou, em ambiente de grande abertura e saudável discussão.O almoço foi uma delícia e, no fim, os confrades Maria Helena e A. Raposo lançaram umas quadras de Fernando Pessoa, mas com algumas lacunas para serem preenchidas pelos convivas. O objectivo era emular ou (imagine-se!) superar o autor original. Os vencedores, com grande brilho, foram os Búfalos Associados. Mas todos receberam prémios, constituídos por um livro e brochuras com o traço comum do bom humor.Desta vez o número de confrades não foi elevado. Contrariedades diversas impediram alguns de comparecer. Porém, já está em andamento a preparação do XIV Convívio

TPCCS – Tertúlia Policiária, Charadística e Cruzadista SADINA

O confrade Abrótea, há muitos anos dedicado ao Policiário, Cruzadismo e Charadismo, apela a todos os confrades residentes na área de Setúbal para que, com ele, promovam a criação da Tertúlia Policiária, Charadística e Cruzadista SADINA (TPCCS), com o intuito de relançar o espírito tertuliano das décadas passadas. Para quem estiver interessado em colaborar, aqui fica o seu contacto: semumtusto1@gmail.com.

 

ARQUIVO HISTÓRICO DA PROBLEMÍSTICA POLICIÁRIA PORTUGUESA

Recolha museológica da problemística policiária portuguesa, apresentada em Dezembro de 2004 e coordenada por Jartur Mamede.

III Torneio Nacional de Problemística Policiária

Desde a passada sexta-feira, dia 13, que Jartur Mamede está a apresentar mais um fruto do seu incansável trabalho de recolha da problemística policiária portuguesa. Desta vez, ressuscitou o III Torneio Nacional de Problemística Policiária  com a apresentação do 1º problema da 1ª eliminatória, “O Caso do Colar Desaparecido”, original de Bia Sotam. Entretanto, também já foi apresentada a solução deste problema e a relação dos problemas apurados para o torneio.

Para já, antes de integrar estes problemas na já longa lista de problemas policiários que o CLUBE DE DETECTIVES disponibiliza, iremos levar até aos detectives os originais deste extraordinário trabalho de Jartur Mamede em prol do Arquivo Histórico da Problemística Policiária Portuguesa.

 

PUBLICAÇÕES

Divulgação das publicações do CLUBE DE DETECTIVES.

E-Books CLUBE DE DETECTIVES

Enquanto se preparam os futuros e-Books, eis os que estão disponíveis: Campeonato Nacional e Taça de Portugal 2015, Campeonato Nacional e Taça de Portugal 2014, Campeonato Nacional e Taça de Portugal 2013, Campeonato Nacional e Taça de Portugal 2011, competições promovidas pela secção Público-Policiário, e Torneio Domingos Cabral, promovido pela secção Mundo dos Passatempos.

 

 

 

 

 

Um abraço e até breve

(7) A nossa sentida homenagem a SETE DE ESPADAS.

© DANIEL FALCÃO, 2000-2017