Sexta-feira, 19 de Abril de 2019

 

Olá, Amigos!

Muito bom-dia… boa-tarde… ou boa-noite, conforme o momento do dia que tiverem para nos dedicar. (7)

ARQUIVO HISTÓRICO DA PROBLEMÍSTICA POLICIÁRIA PORTUGUESA

Recolha museológica da problemística policiária portuguesa, apresentada em Dezembro de 2004 e coordenada por Jartur Mamede.

Enigma Policiário (1976-1982)

Continua a divulgação dos problemas publicados na secção Enigma Policiário, dirigida por Inspector Aranha na revista Passatempo (Revista Mensal de Desporto Cerebral), entre Abril de 1976 e Julho de 1982.

Com a secção nº 16, publicada no Passatempo nº 38 de Julho de 1977, concluída a Volta a Portugal em Problemas Policiais, continuava a preparação do I Grande Torneio de Divulgação, uma prova acessível e dedicada a todos os que começavam a dar os primeiros passos nesta modalidade, o qual arrancaria no mês de Setembro. Enquanto tal não acontecia, continuavam a ser publicados outros problemas como era o caso de O Táxi Misterioso de Jartur.

Sexta-feira, dia 26 de Abril, prosseguiremos com o último dos problemas de preparação do I Grande Torneio de Divulgação, fazendo com que o Arquivo Histórico da Problemística Policiária Portuguesa online continue a crescer.

Mistério… Policiário (1975-1986)

MISTÉRIO… Policiário, assim a designou Sete de Espadas. A secção iniciada no Mundo de Aventuras nº 76, de 13 de Março de 1975, iria despertar o maior interesse (assim o escrevia na época o SETE, o que veio a confirmar-se). Aberta a todos os apreciadores de testes, palavras cruzadas, enigmas, charadas, problemas policiais, etc., seria o Policiário o seu principal motor.

A caminho do Grande Torneio de Produção e Decifração, continuaram a ser publicados problemas de preparação para a competição que se aproximava. Na Página 19, publicada no Mundo de Aventuras nº 95 de 24 de Julho de 1975, surgia O Erro... e o Castigo, mais uma produção de Sete de Espadas e uma investigação de Rui de Mendonça. Passariam a faltar cinco semanas para o início do Grande Torneio de Produção e Decifração, que estava reservado para o centésimo número do Mundo de Aventuras.

Na próxima quarta-feira, dia 24 de Abril, regressamos com mais um problema da secção Mistério… Policiário, assim continuando a fazer crescer o Arquivo Histórico da Problemística Policiária Portuguesa online.

Secção Policial Mistério (1958-1959)

Foi disponibilizado, no passado dia 31 de Março, o mais recente trabalho produzido por Jartur Mamede, alma mater do Arquivo Histórico da Problemística Policiária Portuguesa. Trata-se do Dossier 61, dedicado à secção Mistério, publicada na Colecção Pantera Negra, nos anos de 1958 e de 1959, e orientada por Mr. Jartur.

Logo na sua primeira edição (volume 6 da colecção) foi publicado o problema inaugural do Torneio Policiário "Pantera Negra", A Morte do Campeão de Mr. Jartur, seguindo-se no volume seguinte o problema O Telefonema Misterioso de Márvel. Mas, com a interrupção da publicação da Colecção Pantera Negra, a secção não voltou a ser publicada.

O Arquivo Histórico da Problemística Policiária Portuguesa online integra, desde já, todos os elementos sobre esta secção, bem como os dois únicos problemas que foram publicados.

PUBLICAÇÃO

O Desafio ao Inspector Rick

O Inspector Rick (Ricardo Manuel Azevedo), mais conhecido no nosso meio como Abrótea, investiga oito contos/problemas do género “vão-se expondo na narrativa, duma forma mais ou menos camuflada, os pormenores, dos quais o investigador se ocupará para deslindar o mistério”.

Na obra “O Desafio ao Inspector Rick – Só porque mente não é criminoso”, assinada por A. B. Rótea e editada por Chiado Books, as narrativas são interrompidas para se lançar um desafio: “Chegámos ao ponto de desafiar o Leitor, que se encontra na posse dos mesmos dados que eu. Nenhum indício foi escondido, não se trata de nenhum passe de mágica. Apenas pergunto.

Quer conhecer mais sobre esta obra? Aqui fica o contacto electrónico do autor: semumtusto1@gmail.com.

O DESAFIO DOS ENIGMAS

Secção publicada no jornal Audiência Grande Porto, desde o dia 1 de Junho de 2016, coordenada por Salvador Santos (Inspector Boavida).

Concurso de Produção “Mãos à Escrita!” e Torneio de Decifração “Solução à Vista!” (edição 2019)

Estão disponíveis os regulamentos da edição 2019 do Concurso de Produção “Mãos à Escrita!" e do Torneio de Decifração “Solução à Vista!”, depois do sucesso da edição anterior que terminou com a divulgação dos últimos resultados no dia 20 de Fevereiro.

O orientador da secção, Salvador Santos (entre nós, Inspector Boavida), decidiu, em boa hora, prestar uma justa homenagem, a título póstumo, a um produtor e solucionista de excelência, Pedro Paulo Faria (entre nós, primeiro Nove e mais tarde Verbatim), no Concurso de Produção “Mãos à Escrita!". Por seu lado, no Torneio de Decifração “Solução à Vista!”, decidiu também homenagear dois enormes vultos do Policiário: Jartur e Zé. E, desde já, assumimos a grande honra que é sermos também incluídos nesta homenagem, ao lado daqueles que são duas das nossas principais referências, mas principalmente dois grandes Amigos!

Está concluído o período para envio dos trabalhos concorrentes ao Concurso de Produção “Mãos à Escrita!", o qual se prolongou até ao dia 15 de Abril. O próximo Torneio de Decifração “Solução à Vista!” arranca no dia 5 de Maio, com o próximo Torneio de Decifração “Solução à Vista!”.

PÚBLICO-POLICIÁRIO

Foram 1430 secções publicadas todos os domingos no jornal Público, entre 1 de Julho de 1992 e 30 de Dezembro de 2018, coordenadas por Luís Pessoa.

Campeonato Nacional 2018 – Resultados da Prova nº 8

Após a divulgação dos resultados da Prova nº 8 do Campeonato Nacional 2018, mantém-se a mesma dezena de detectives concorrentes com a totalidade dos pontos possíveis (96), quando faltam apurar os resultados de apenas duas provas. Pelo facto de ainda não terem obtido qualquer ponto especial, três destes detectives partilham o 8º lugar da competição: A. Raposo & Lena, Inspector Boavida e Karl Marques. Os restantes sete detectives, como já pontuaram nas Melhores Soluções, aparecem nos lugares cimeiros e entre estes estão Inspector Aranha (19), Zé (10), Mister H (7) e Ego (6 pontos).

No topo da classificação, nos habitualmente designados lugares do pódio, Búfalos Associados (vencedor da Taça em 2017) e Daniel Falcão (vice-campeão nacional em 2017) estão na liderança com 27 pontos nas Melhores Soluções, acompanhados por Detective Jeremias (campeã nacional em 2017) logo a seguir (22 pontos).

Policiarista do Ano 2018 e Ranking Público-Policiário 2018

Após os resultados da Prova nº 8 do Campeonato Nacional 2018, Daniel Falcão e Mister H (293 pontos), permanecem no topo da classificação do troféu Policiarista do Ano 2018, seguindo-se Zé (288) e Paulo (275) no terceiro e quarto lugar. Nos restantes lugares do top-10 estão Búfalos Associados, Detective Jeremias e Inspector Boavida (273), X Boavista (271) e Ego e Inspector Aranha (263 pontos).

No Ranking Público-Policiário 2018, Daniel Falcão (com 401 pontos), Mister H (393) e Búfalos Associados (385) ocupam os lugares do pódio. Seguem-se, no encalço deste trio, Detective Jeremias e Inspector Boavida (377), Paulo (371), Inspector Aranha (365), Ego (354), Zé (351) e Karl Marques (347), a fechar o top-10.

Taça de Portugal 2018 – Final

Depois de uma longa caminhada, na qual participaram perto de três milhares de detectives, restaram apenas dois: Mister H e Daniel Falcão. Foram estes os detectives que concentraram toda a atenção na resolução da Prova nº 10 do Campeonato Nacional 2018, em Memórias do Inspector Ambrósio e Sábado Sangrento, originais de Nordi e Troll, respectivamente.

Quem será o vencedor da Taça de Portugal 2018? Será Mister H que almeja colocar no seu currículo policiário a vitória nesta competição, depois de já ter chegado à final por outras duas vezes: primeiro, no ano em que surgiu esta competição, 2001/2002, e depois em 2011? Ou será Daniel Falcão que, depois de ter interrompido em 2017 as vitórias que ia conquistando ano após ano desde 2014, irá regressar ao topo da competição?

TERTÚLIAS E CONVÍVIOS

Notícias sobre tertúlias e convívios.

XVI Convívio da Tertúlia Policiária da Liberdade

Mesmo contra ventos e marés, o XVI Convívio da Tertúlia Policiária da Liberdade realiza-se no domingo, dia 19 de Maio, com concentração e almoço de confraternização marcado para o Restaurante Sabores de Sintra, em São Pedro de Penaferrim – Sintra. Já incluído no programa do evento, a anunciar brevemente, está o lançamento do Borda D’ Água do Conto Curto 2019, uma homenagem a Nove/Verbatim, que nos deixou há poucos meses, e a distribuição dos prémios da secção O DESAFIO DOS ENIGMAS.

TPCCS – Tertúlia Policiária, Charadística e Cruzadista SADINA

O confrade Abrótea, há muitos anos dedicado ao Policiário, Cruzadismo e Charadismo, apela a todos os confrades residentes na área de Setúbal para que, com ele, promovam a criação da Tertúlia Policiária, Charadística e Cruzadista SADINA (TPCCS), com o intuito de relançar o espírito tertuliano das décadas passadas. Para quem estiver interessado em colaborar, aqui fica o seu contacto: semumtusto1@gmail.com.

O POLICIÁRIO NA IMPRENSA REGIONAL

Notícias sobre outras secções policiárias publicadas na imprensa regional.

Correio Policial

A secção publicada semanalmente no jornal Correio do Ribatejo, de Santarém, desde o dia 7 de Outubro de 2011, e orientada por Domingos Cabral, o “nosso” Inspector Aranha (d.cabral@sapo.pt, Rua Serpa Pinto 98, 2000-046 Santarém), inclui problemas policiários, contos policiais e muito mais.

Na edição de 12 de Abril prosseguiu a publicação de problemas em Banda Desenhada, muito bem recebidos pelos leitores da secção, com “Adeus ao Verão” (e respectiva solução), e ainda a short-story “Um Amigo Verdadeiro” por Millicent Sherwood.

O POLICIÁRIO NA INTERNET

Blogues relacionados com policiário.

Inspector Gigas

Aí está mais um blogue dedicado ao Policiário. Desta vez, a iniciativa deve-se a Inspector Gigas, um dos mestres da originalidade. E, por isso mesmo, o Inspector Gigas decidiu, oportunamente, criar um blogue no qual as suas soluções são agora partilhadas com todos os interessados.

Para já, o blogue é de acesso restrito, sendo necessário um registo que deverá ser devidamente validado. Vale a pena correr a fazer o respectivo registo, em www.inspectorgigas.pt, já que as soluções dos sete enigmas, entretanto publicadas, são deliciosas obras de arte.

Policiarismo

Assim se apresenta o blogue Policiarismo: “O policiarismo tem em Portugal várias dezenas de atividade. Este é mais um espaço de memória”… e aqui vamos recordando muito do que se tem feito ao longo das últimas décadas. No passado dia 21 de Março foi recordada uma notícia, publicada na secção Policiário do jornal Público de 7 de Abril de 1996, sobre o II Convívio da Amadora, realizado dias antes, a 24 de Março.

Neste blogue é ainda possível acompanhar a inventariação de policiaristas, secções e publicações, na qual já estão recenseados mais de 6500 policiaristas, com um vasto conjunto de informação muito diversificada, assim como uma grande parte da actividade desenvolvida por várias secções.

Local do Crime

O blogue Local do Crime, citando o Inspector Boavida, criador deste espaço, continua a ser a “caixa-de-ressonância da secção O Desafio dos Enigmas no espaço cibernético”.

Crime Público

O blogue Crime Público, coordenado por Luís Pessoa, depois de muitos anos a ecoar o que ia sendo feito na secção Policiário, continua a ser um local de visita obrigatória pela vasta informação que disponibiliza sobre a secção que mais tempo esteve entre nós.

 

 

 

Um abraço e até breve

(7) A nossa sentida homenagem a SETE DE ESPADAS.

© DANIEL FALCÃO, 2000-2019