Quarta-feira, 20 de Junho de 2018

 

Olá, Amigos!

Muito bom-dia… boa-tarde… ou boa-noite, conforme o momento do dia que tiverem para nos dedicar. (7)

O DESAFIO DOS ENIGMAS

Secção publicada no jornal Audiência Grande Porto, desde o dia 1 de Junho de 2016, coordenada por Salvador Santos (Inspector Boavida).

Torneio “Solução à Vista!” – Solução e Resultados da Prova nº 1

O consagrado inspector Macunaíma, homem de poucos músculos, muito franzino e pequeno, mas rápido no uso do seu privilegiado cérebro, facilmente descortinou o responsável pelO Enforcamento do Vigilante, Prova nº 1 do Torneio “Solução à Vista”, da autoria de Daniel Gomes.

Entre os muitos leitores deste enigma, apenas 32 detectives decidiram avançar com uma proposta de solução, dos quais 27 mostraram estar à altura do inspector Macunaíma. Todavia, como dita o regulamento, foram destacadas três propostas de solução, as quais recolheram os pontos especiais em disputa. Por esta razão, o trio que arranca no pódio da primeira classificação do Torneio “Solução à Vista!” é formado por Detective Jeremias (com 13 pontos), vencedora do Torneio Policiário 2017, Daniel Falcão (12) e Bernie Leceiro (11).

Torneio “Mãos à Escrita!”

Registe-se, ainda, que as avaliações feitas pelos 32 solucionistas e pelo orientador da secção ao enigma O Enforcamento do Vigilante, de Daniel Gomes, concorrente aos prémios em disputa no torneio de produção policiária “Mãos à Escrita!”, resultaram na seguinte pontuação média final: 6,80 pontos.

Torneio “Solução à Vista!” – Prova nº 2

Tempicos regressa, pelas mãos do seu criador A. Raposo, com mais uma das suas aventuras, Camarada Tempicos, correspondendo à Prova nº 2 do Torneio “Solução à Vista”. O bem conhecido Tempicos, cujas qualidades o caracterizam fielmente, malandreco, oportunista e pinga-amor, voltou a atacar duas jovens, loiras e viçosas, ali para os lados do Mosteiro dos Jerónimos. Depois do “do you speak english” da ordem, ficou a saber que se tratava de duas moscovitas, professoras de Educação Física, que estavam em Portugal pela primeira vez e arranhavam o português com sotaque do Brasil. Nádia e Galina, assim se chamavam, não se fizeram esquisitas e aceitaram o convite para conhecer a casa de Tempicos, num bairro típico alfacinha, com janelinha para o Tejo. Mas depois de uma noite agitada, cheia de risinhos, ruídos e boa disposição, o nosso velho herói recordava algumas afirmações produzidas pelas jovens e perguntava-se se elas não estariam ligadas aos serviços secretos russos.

E o leitor, também desconfia da veracidade dessas afirmações ou não? E porquê? Justifique o seu raciocínio através de relatório a enviar, até ao dia 10 de Julho, para um dos seguintes endereços: por correio eletrónico para salvadorpereirasantos@hotmail.com ou por correio postal para Audiência GP / O Desafio dos Enigmas, Rua do Mourato, 70-A – 9600-224 Ribeira Seca RG – São Miguel – Açores.

PÚBLICO-POLICIÁRIO

Secção publicada todos os domingos no jornal Público, desde o dia 1 de Julho de 1992, coordenada por Luís Pessoa.

Campeonato Nacional 2018 – Prova nº 5

Há muitos anos que o Américo fazia o seu trabalho com muita dedicação, mas também com alguma sobranceria. Passava a vida a gabar-se, junto dos colegas, que a sua memória visual era de tal forma desenvolvida que nada lhe escapava. Olhava para um tipo e tomava-lhe logo a pinta, não o deixando mais em paz. Naquela tarde, perante uma situação que continuava por resolver, um verdadeiro imbróglio, Américo foi desautorizado pelo seu superior hierárquico, na presença de um grupo de “maçaricos”, que olhavam para ele como olhariam um dinossauro. Por isto mesmo, Ferdinand Search, autor da Prova nº 5 (Parte I) do Campeonato Nacional 2018, nos pergunta: será que No Melhor Pano Cai a Nódoa?

Zélima oferece-nos Uma História de Marcolino, a Prova nº 5 (Parte II) do Campeonato Nacional 2018, na qual Marcolino regressa de uma das suas viagens pelos caminhos da desgraça, com uma história para contar. Contava ele que, ao entrar numa aldeia, debaixo do temporal inclemente, já ao anoitecer, embora pudesse dizer que estava noite cerrada, tal o negrume do céu, não via um palmo à frente do nariz, entrou numa das casas. Era a casa de Lopes que viria a ser encontrado morto. O que se quer saber é a opinião dos leitores sobre a história contada por Marcolino.

Como sempre a data limite para envio das propostas de solução é o último dia do mês, ou seja, 30 de Junho, para um dos seguintes endereços: pessoa_luis@hotmail.com, lumagopessoa@gmail.com ou luispessoa@sapo.pt, por correio eletrónico; Luís Pessoa, Estrada Militar, 23, 2125-109 Marinhais, por correio postal; ou por entrega em mão ao próprio Luís Pessoa, onde quer que o encontrem.

Campeonato Nacional 2018 – Resultados da Prova nº 2

Cá estão os tão aguardados resultados da Prova nº 2 do Campeonato Nacional 2018. O pleno da pontuação, após duas provas, foi conseguido por 843 detectives concorrentes, o que significa a continuação de uma disputa muito acesa pelo topo da classificação. Todavia, como é bem sabido, os pontos especiais (Melhores Soluções e Soluções Mais Originais) funcionam como critério de desempate entre estas mais de oito centenas de detectives, o que permite destacar nove deles.

Para já, os pontos especiais obtidos nas Melhores Soluções coloca nas seis primeiras posições, por esta ordem, Daniel Falcão, Inspector Aranha, Detective Jeremias, Búfalos Associados, Zé e Rigor Mortis. Por sua vez, nas três posições seguintes, graças aos pontos especiais obtidos nas Soluções Mais Originais estão Deco, Xispeteó e J Belchior. Sem qualquer ponto especial, num honroso décimo lugar aparece uma longa lista de 834 detectives concorrentes.

Mas… ainda só passaram duas provas, mantendo-se tudo em aberto, prova após prova.

Policiarista do Ano 2018 e Ranking Público-Policiário 2018

Considerada a pontuação para o troféu Policiarista do Ano 2018, duplicação dos pontos obtidos na Prova nº 2, esta classificação continua a ter na liderança 128 detectives concorrentes, os mesmos que conseguiram o pleno no Campeonato Nacional 2018 e que estão a disputar a 4ª eliminatória da Taça de Portugal 2018, com um total de 78 pontos.

Por sua vez, a consequente actualização do Ranking Público-Policiário 2018 não produziu qualquer alteração no respetivo top-10: Búfalos Associados continua na liderança, agora com 190 pontos, seguido a uma curta distância por Daniel Falcão (186) e Detective Jeremias e Inspector Boavida (ambos com 182). Imediatamente a seguir aparecem Inspector Aranha (180), Mister H (178), Inspector Moscardo (175), Paulo (174), Karl Marques (172) e Ego (169).

Taça de Portugal 2018

Depois de termos partido de mais de dois milhares e meio de detectives concorrentes, restam apenas 128 na 4ª eliminatória da Taça de Portugal 2018. Entre estes, dependendo das propostas de solução apresentadas à Prova nº 4 do Campeonato Nacional 2018, serão selecionados apenas 64 para seguir em frente. Nos confrontos directos, continuamos a destacar aqueles que envolvem os concorrentes que estarão frente a frente com os que chegaram mais perto do final na temporada transacta. Assim, cabe a Zzz defrontar o vencedor desta competição em 2017, Búfalos Associados, enquanto Azarado terá pela frente o finalista vencido, Inspector Moscardo. Por sua vez, Assavil e Werr irão medir forças com os concorrentes que alcançaram as meias-finais, Inspector Boavida e Rigor Mortis, respectivamente.

Campeonato Nacional 2018 – Solução da Prova nº 4 (Parte I)

Está esclarecido o desaparecimento de O Precioso Camafeu Napolitano, desafio correspondente à Prova nº 4 (Parte I) do Campeonato Nacional 2018.

ARQUIVO HISTÓRICO DA PROBLEMÍSTICA POLICIÁRIA PORTUGUESA

Recolha museológica da problemística policiária portuguesa, apresentada em Dezembro de 2004 e coordenada por Jartur Mamede.

Homenagem a Vítor Hugo

Concluímos, há poucos dias, a disponibilização dos problemas produzidos por Vítor Hugo, no Arquivo Histórico da Problemística Policiária Portuguesa online, colaborando na justíssima homenagem prestada pela alma mater do AHPPP, Jartur Mamede, a este confrade recentemente desaparecido.

Mas, como se devem recordar, devido à não publicação da solução de um dos problemas, Uma Janela na Escuridão, em resultado do Mundo de Aventuras nº 511 (de 25 de Junho de 1959) ter sido o último da série, Jartur Mamede lançou um desafio aos leitores para congeminar uma solução para o caso, com a garantia da melhor solução passar a figurar na história da problemística policiária portuguesa. Em resultado deste desafio, o confrade Zé (Viseu) aceitou o repto, o que nos permite disponibilizar, de imediato, a proposta de solução elaborada por uma das figuras míticas do Policiário, com tanto prazer e tanta dor.

Como Vítor Hugo também foi um magnífico solucionista, Jartur Mamede promete, para breve, mais alguns problemas publicados no Mundo de Aventuras, cujas soluções elaboradas por Vítor Hugo tenham sido consideradas as melhores de entre todas as recebidas.

TERTÚLIAS E CONVÍVIOS

Notícias sobre tertúlias e convívios.

XV Convívio da Tertúlia Policiária da Liberdade – Reportagem

Domingo, 20 de Maio, realizou-se o XV Convívio da Tertúlia Policiária da Liberdade, o qual decorreu no Restaurante Sabores de Sintra, em São Pedro de Sintra. Agora, disponibilizamos uma curta reportagem sobre este convívio no qual foram apresentados mais dois livrinhos, intitulados “O Caso (Sério) da Rua das Trinas” e “O Verdadeiro Borda de Água do Conto Curto para 2018”, e ainda o Certificado de Presença (muito especial), mesmo para quem não esteve presente.

TPCCS – Tertúlia Policiária, Charadística e Cruzadista SADINA

O confrade Abrótea, há muitos anos dedicado ao Policiário, Cruzadismo e Charadismo, apela a todos os confrades residentes na área de Setúbal para que, com ele, promovam a criação da Tertúlia Policiária, Charadística e Cruzadista SADINA (TPCCS), com o intuito de relançar o espírito tertuliano das décadas passadas. Para quem estiver interessado em colaborar, aqui fica o seu contacto: semumtusto1@gmail.com.

O POLICIÁRIO NA IMPRENSA REGIONAL

Notícias sobre outras secções policiárias publicadas na imprensa regional.

Correio Policial

A secção publicada semanalmente no jornal Correio do Ribatejo, de Santarém, orientada por Domingos Cabral, o “nosso” Inspector Aranha (d.cabral@sapo.pt, Rua Serpa Pinto 98, 2000-046 Santarém), inclui problemas policiários, contos policiais e muito mais. Na edição de 15 de Junho foi publicado o problema “Pegadas no Cimento”, original de Marvel, e o conto “As Andorinhas Também Morrem” de Eduardo Bento.

Continua disponível, desde o dia 15 de Janeiro, a coletânea “Dúzia de Ouro – Doze dos Melhores Contos Policiais de Sempre”, à venda no Correio do Ribatejo. A coletânea pode ainda ser pedida para Domingos Cabral (contactos acima) e tem um custo de 12 euros (com portes incluídos).

O POLICIÁRIO NA INTERNET

Blogues relacionados com policiário.

Policiarismo

Assim se apresenta o blogue Policiarismo: “O policiarismo tem em Portugal várias dezenas de atividade. Este é mais um espaço de memória”… e aqui vamos recordando muito do que se tem feito ao longo das últimas décadas. No passado dia 17 de Junho foi recordada a reportagem do II Convívio de Algés, realizado no dia 28 de Fevereiro de 1981, tendo como coordenadora principal a saudosa Pal, “uma moira de trabalho” como escrevia o respectivo redactor.

Neste blogue é ainda possível acompanhar a inventariação de policiaristas, secções e publicações, na qual já estão recenseados mais de 6500 policiaristas, com um vasto conjunto de informação muito diversificada, assim como uma grande parte da actividade desenvolvida por várias secções.

Local do Crime

Depois de sete anos de interrupção o blogue Local do Crime regressou, como “caixa-de-ressonância da secção O Desafio dos Enigmas no espaço cibernético”… citando o Inspector Boavida, criador deste espaço.

Crime Público

E, claro está, aproveitando as palavras do Inspector Boavida, temos também o Crime Público como “caixa-de-ressonância” da secção Policiário.

 

 

 

 

Um abraço e até breve

(7) A nossa sentida homenagem a SETE DE ESPADAS.

© DANIEL FALCÃO, 2000-2018