Segunda-feira, 23 de Abril de 2018

 

Olá, Amigos!

Muito bom-dia… boa-tarde… ou boa-noite, conforme o momento do dia que tiverem para nos dedicar. (7)

PÚBLICO-POLICIÁRIO

Secção publicada todos os domingos no jornal Público, desde o dia 1 de Julho de 1992, coordenada por Luís Pessoa.

Campeonato Nacional 2018 – Soluções da Prova nº 2

Estão esclarecidos os casos correspondentes à segunda prova do Campeonato Nacional 2018, produzidos por Inspector Boavida. Mais uma vez Natália Vaz superou o detective Smaluco e descobriu o responsável pela morte de Jorge Maravilhas, em Smaluco e a Morte de Jorge Maravilhas. Por seu lado, o subchefe Pinguinhas não se deixou iludir por Carlos Marques e não teve dúvidas sobre a identidade do autor do homicídio de Elisa, em O Caso da Morte de Elisa.

Campeonato Nacional 2018 – Prova nº 3

Um velhote que não gerava simpatias em ninguém da vizinhança, não propriamente por fazer mal a alguém, mas por não se dar com ninguém, é a vítima de um Roubo na Noite Escura, Prova nº 3 (Parte I) do Campeonato Nacional 2018, original de Stage 15. Na aldeia, constava que o velhote possuía uma imensa fortuna escondida em casa. E, naquela noite muito escura e chuvosa, com ventos fortes, rajadas e neve pouco intensa, o Brocas, possante cão de guarda, passou a noite a ladrar, segundo a vítima. Felício, destacado para investigar o sucedido, deparou com o cofre sem sinais de arrombamento ou danos. Nas suas imediações, também não registara nada de anormal e a completa ausência de quaisquer marcas de arrombamento de portas ou janelas, nem mesmo pegadas. Por isso mesmo se interrogava: será que houve mesmo um assalto vindo do exterior?

A Saga das Girafas Incómodas é a proposta de FIPQ que corresponde à Prova nº 3 (Parte II) do Campeonato Nacional 2018. Num prédio de habitações que confronta com um parque temático, gerido por uma associação que cuidava e criava girafas, há sempre quem goste de ter girafas por perto, mas também há sempre quem pretenda ver estes e quaisquer outros animais bem longe. E foi precisamente um destes últimos que avançou com a marcação de reuniões de condomínio, procurando conseguir uma posição conjunta contra a presença dos animais e apresentando denúncias formais alegando questões sanitárias de saúde pública. Mas, os restantes condóminos, acompanhados pela vizinhança, pronunciaram-se contra a retirada dos animais e chamaram a atenção para uma mentira na denúncia do referido indivíduo, o que demonstrava a sua má vontade. Que mentira seria essa?

Como sempre a data limite para envio das propostas de solução é o último dia do mês, ou seja, 30 de Abril, para um dos seguintes endereços: pessoa_luis@hotmail.com, lumagopessoa@gmail.com ou luispessoa@sapo.pt, por correio eletrónico; Luís Pessoa, Estrada Militar, 23, 2125-109 Marinhais, por correio postal; ou por entrega em mão ao próprio Luís Pessoa, onde quer que o encontrem.

Taça de Portugal 2018

Depois de uma longa espera, já estão disponíveis os confrontos da 2ª eliminatória da Taça de Portugal 2018, após uma sempre complicada seleção das 512 melhores soluções apresentadas à primeira prova, sabendo que responderam à chamada quase três milhares de detectives concorrentes.

Entre os 256 confrontos que compõem esta eliminatória, destacamos aqueles que envolvem os concorrentes que estarão frente a frente com os que chegaram mais perto do final na temporada transacta. Assim, cabe a Protocopus defrontar o vencedor desta competição em 2017, Búfalos Associados, enquanto Detective Zorba terá pela frente o finalista vencido, Inspector Moscardo. Por sua vez, Detective Bala e Not Me irão medir forças com os concorrentes que foram até às meias-finais, Inspector Boavida e Rigor Mortis, respectivamente.

Policiarista do Ano 2018 e Ranking Público-Policiário 2018

Para já, entram para a primeira classificação do Policiarista do Ano 2018 os detectives concorrentes que passaram à 2ª eliminatória da Taça de Portugal 2018, os quais receberam os 10 pontos atribuídos às 512 melhores soluções apresentadas à primeira prova.

Quanto ao Ranking Público-Policiário 2018, a passagem à 2ª eliminatória da Taça de Portugal 2018 produziu já algumas alterações, nomeadamente no top-30. Todavia, o top-10 manteve-se inalterado, Búfalos Associados continua na liderança desta classificação, agora com 122 pontos, seguido a uma curta distância por Daniel Falcão (118) e Detective Jeremias e Inspector Boavida (ambos com 114). Imediatamente a seguir aparecem Inspector Aranha (112), Mister H (110), Inspector Moscardo (107), Paulo (106), Karl Marques (104) e Ego (101).

ARQUIVO HISTÓRICO DA PROBLEMÍSTICA POLICIÁRIA PORTUGUESA

Recolha museológica da problemística policiária portuguesa, apresentada em Dezembro de 2004 e coordenada por Jartur Mamede.

I Torneio do Clube de Detectives do Mundo de Aventuras

Já tínhamos apresentado a primeira parte do trabalho de pesquisa e elaboração de Jartur Mamede, com a colaboração de Carlos Alberto Carvalho Dias (C.A.C.D.) e Alberto Gonçalves, relativo aos primeiros números de “O Mundo de Aventuras”, revista semanal de banda desenhada dirigida a jovens de todas as idades, iniciada a 18 de Agosto de 1949.

Volvidas poucas semanas, no M.A. nº 5, publicado a 15 de Setembro, apareceu uma página de passatempos com o título “Para Entreter, Instruir e Recrear” e, inserida nesta, a rubrica “Os Casos do Inspector Lister”, cujos primeiros quatro problemas, produzidos por Inspector Lister, já disponibilizamos anteriormente.

Posteriormente, entre Fevereiro e Março do ano seguinte, realizou-se o I Torneio do C.D.M.A. – Clube de Detectives do Mundo de Aventuras, constituída por oito problemas, os quais também já podem ser consultados no Arquivo Histórico da Problemística Policiária Portuguesa online.

 

O DESAFIO DOS ENIGMAS

Secção publicada no jornal Audiência Grande Porto, desde o dia 1 de Junho de 2016, coordenada por Salvador Santos (Inspector Boavida).

Novas iniciativas

A secção O DESAFIO DOS ENIGMAS, do jornal AUDIÊNCIA GP, tem neste momento em marcha duas novas iniciativas: 1) “Mãos à Escrita!” – um concurso de produção de enigmas policiários, aberto a todos os que se queiram “aventurar” na escrita deste género de ficção, sem temática definida, tendo apenas como condição o limite máximo da dimensão do enunciado (duas páginas A4, com o tipo de letra Times New Roman, corpo de letra 12 e espaçamento de 1,5 linhas); 2) “Solução à Vista!” – um torneio de decifração, composto pelos enigmas apresentados ao concurso supracitado, em que os participantes (também) classificam os produtores.

 

O POLICIÁRIO NA IMPRENSA REGIONAL

Notícias sobre outras secções policiárias publicadas na imprensa regional.

Correio Policial

A secção publicada semanalmente no jornal Correio do Ribatejo, de Santarém, orientada por Domingos Cabral, o “nosso” Inspector Aranha (d.cabral@sapo.pt, Rua Serpa Pinto 98, 2000-046 Santarém), inclui problemas policiários, contos policiais e muito mais.

Na edição de 20 de Abril continuou a publicação de problemas muito simples, adequados a principiantes, numa iniciativa designada por “Ciclo dos Caloiros”. O mais recente problema desde ciclo é da autoria de Jartur e intitula-se “No Silêncio da Noite”. Mas a edição desta semana publica ainda a primeira parte de um artigo de Luís Pessoa, subordinado ao tema Literatura Policial, e um conto de Celestino Santos, “A Última Bala”.

Continua disponível, desde o dia 15 de Janeiro, a coletânea “Dúzia de Ouro – Doze dos Melhores Contos Policiais de Sempre”, à venda no Correio do Ribatejo. A coletânea pode ainda ser pedida para Domingos Cabral (contactos acima) e tem um custo de 12 euros (com portes incluídos).

 

TERTÚLIAS E CONVÍVIOS

Notícias sobre tertúlias e convívios.

XIV Convívio da Tertúlia Policiária da Liberdade

A Tertúlia Policiária da Liberdade realizou uma reunião, no passado dia 1 de Julho de 2017, para balanço do seu XIV Convívio e de toda a sua actividade em geral. Coincidindo a data com o 25º aniversário da secção “Público-Policiário”, a TPL não deixou de assinalar tão relevante acontecimento policiarista nem de brindar, com toda a justiça, ao confrade Luís Pessoa, o responsável daquela secção ao longo deste quarto de século.

TPCCS – Tertúlia Policiária, Charadística e Cruzadista SADINA

O confrade Abrótea, há muitos anos dedicado ao Policiário, Cruzadismo e Charadismo, apela a todos os confrades residentes na área de Setúbal para que, com ele, promovam a criação da Tertúlia Policiária, Charadística e Cruzadista SADINA (TPCCS), com o intuito de relançar o espírito tertuliano das décadas passadas. Para quem estiver interessado em colaborar, aqui fica o seu contacto: semumtusto1@gmail.com.

 

O POLICIÁRIO NA INTERNET

Blogues relacionados com policiário.

Policiarismo

Assim se apresenta o blogue Policiarismo: “O policiarismo tem em Portugal várias dezenas de atividade. Este é mais um espaço de memória”… e aqui vamos recordando muito do que se tem feito ao longo das últimas décadas. No passado dia 19 de Abril foi recordada uma notícia publicada na secção Policiário, no jornal Público de 15 de Janeiro de 1995, sobre o aparecimento de novas secções policiárias.

Neste blogue é ainda possível acompanhar a inventariação de policiaristas, secções e publicações, na qual já estão recenseados mais de 6500 policiaristas, com um vasto conjunto de informação muito diversificada, assim como uma grande parte da actividade desenvolvida por várias secções.

Local do Crime

Depois de sete anos de interrupção o blogue Local do Crime regressou, como “caixa-de-ressonância da secção O Desafio dos Enigmas no espaço cibernético”… citando o Inspector Boavida, criador deste espaço.

Crime Público

E, claro está, aproveitando as palavras do Inspector Boavida, temos também o Crime Público como “caixa-de-ressonância” da secção Policiário.

 

 

 

 

Um abraço e até breve

(7) A nossa sentida homenagem a SETE DE ESPADAS.

© DANIEL FALCÃO, 2000-2018